Contas a pagar e receber: como controlar entradas e saídas?

por Equipe de Conteúdo

Entenda melhor qual a diferença entre entradas e saídas de valores, e mantenha o controle de contas a pagar e receber da sua empresa em dia. A Unimake auxilia na compreensão e controle destes dados. Confira na sequência!

O que são contas a pagar e contas a receber?

Contas a pagar e receber são valores que ajudam gestores a analisar a saúde financeira de uma empresa. Com elas, é possível prever os gastos frequentes em folha, assim como previsões seguras das receitas. Ao controlar e fazer bom emprego destes dados, a gestão consegue conduzir um planejamento eficiente de diferentes negócios.

Saiba quais são as principais diferenças entre contas a pagar e receber logo abaixo!

Gestão de estoque: entenda qual a importância estratégica!

Contas a pagar

Contas a pagar são débitos que uma empresa mantém com fornecedores, ou ainda, o compromisso que a empresa estabelece com o pagamento de impostos ou contas estipuladas. Para manter a saúde financeira de uma organização positiva, é essencial o controle de todas as contas a pagar.

Fluxo de caixa ajuda a guiar a gestão financeira de empresas

Contas a receber

Contas a receber são os registros de aumento, conhecidos como entradas, e reduções, as baixas, em vendas de serviços ou produtos da empresa. São conhecidos como exemplos de contas a receber:

  • Títulos de créditos;
  • Promissórias favoráveis;
  • Letras de câmbio.

Os dados são a alma de todo negócio. Ainda que soe exagero, em um momento que a inovação é máster, a inteligência das empresas está presente nas informações geradas e bem administradas. Sem dúvidas os ativos físicos ainda possuem grande impacto, mas a capacidade de gerar valor com dados tornou-se fundamental.

Nesse sentido, incluir um sistema integrado de gestão, também conhecido como ERP, garante não apenas a eficiência de negócios, mas ajuda a conquistar a permanência da empresa no mercado. Entenda mais sobre o assunto com a Unimake.

7 motivos para as empresas implantarem um sistema ERP

Qual finalidade do controle de contas a pagar e receber?

A principal finalidade do controle das contas a pagar e receber é o registro dos valores investidos, seja em prestações de compras ou em outras despesas recorrentes. Com estes dados, é possível controlar a saída de capital em compras à vista ou a prazo.

Além do mais, com a administração do fluxo de uma empresa, gestores conseguem conferir valores destinados aos pagamentos, bem como, as datas de vencimento de cada conta. Agora, confira como realizar o controle devido das contas a pagar e receber.

Regime tributário: Qual é o melhor para o seu negócio?

Como fazer um controle das contas a pagar e receber?

Para o controle efetivo das contas a pagar e receber, o administrador deste fluxo deve estar atento aos valores relacionados a entradas e saídas de capital na empresa. Logo, boas ferramentas de trabalho e organização são imprescindíveis. Veja:

  • Identifique os fornecedores com o nome ou a razão social sempre que realizar uma compra, ou mesmo, notificar um débito a ser pago;
  • Tenha o controle dos números de nota fiscal de boletos ou compras a pagar, desta forma, é possível rastreá-los;
  • Saiba e informe o tipo de documento ou contas a pagar, bem como, a forma de pagamento permitida – depósito bancário ou transferência;
  • Sinalizar o vencimento da conta, isto é, a data limite em que ela deve ser paga;
  • Informar o valor bruto do débito;
  • Ao finalizar pagamentos, sinalize valores para que sejam registrados os juros, multas ou descontos das contas a pagar.

E lembre-se, mantenha atenção nas datas de pagamento e do histórico de registro das contas, evitando atrasos e multas. Para isso, a gestão de softwares auxilia no controle das contas a pagar e receber.

Capital de giro: Qual sua importância para as empresas?

Como funciona o fluxo de contas a pagar?

O controle do fluxo de contas a pagar é um dos processos fundamentais de gestão que mantém o controle, prevê e efetua pagamentos em períodos determinados. Com ele, juros são evitados ou amortizados, também auxiliando administradores a adiantar a margem de lucro em caixa.

 

Deseja anotar as principais dicas relacionadas ao fluxo de contas? Com papel e caneta em mãos, ou bloco de notas aberto, confira:

  • Não contraia dívidas com longos prazos de pagamento;
  • Reconheça o limite de débitos da empresa;
  • Mantenha o controle das contas a pagar e receber;
  • Evite saídas superiores às entradas de dinheiro;
  • Pague as contas antes do vencimento;
  • Antecipe pagamentos que geram descontos;
  • Garanta uma ferramenta para o controle das finanças.

Business Intelligence, também conhecida como BI, é uma ferramenta aclamada, e apesar da sua eficácia comprovada, diversas empresas ainda não consideraram implantá-la para a melhoria da gestão do negócio. Fique por dentro desta inovação.

Business Intelligence: implantação simples e salto na gestão do seu negócio!

Gostou de conhecer mais sobre as contas a pagar e receber em uma empresa? Então, siga acompanhando os conteúdos que a Unimake prepara semanalmente aqui no blog – incluindo as próximas publicações relacionadas ao gerenciamento e organização de empresas. Até o próximo artigo!

Compartilhe

Post anterior:

Próximo post: