O que muda com o fim do emissor de NF-e de São Paulo?

por Equipe de conteúdo

Emissor NF-e blog 2

A SEFAZ SP anunciou recentemente que deixará de fornecer atualizações para seu emissor de Nota Fiscal Eletrônica.

A manutenção será dada até 31/12/2016.

Na prática o que acontece com os usuários que o utilizam?

Após esse período ainda que o aplicativo continue funcionando, não receberá mais atualizações.

Se porventura a Fazenda promover alguma mudança no leiaute da Nota Fiscal Eletrônica ou de outros documentos eletrônicos (CT-e, CC-e, por exemplo) o aplicativo não será mais capaz de enviar o XML correto e por consequência o contribuinte usuário estará impedido de emitir o documento pelo aplicativo.

Também não é possível prever em que momento essas mudanças acontecerão, podem levar meses ou semanas, de modo que em algum momento ao longo de 2017 o aplicativo deixará ser funcional para um ou mais tipos de documentos fiscais eletrônicos.

Quais as alternativas para os usuários?

Como apontado pela própria SEFAZ SP em seu comunicado (Leia aqui) recomenda aos usuários que busquem soluções no mercado.

Fazendo isso, ainda que seja uma solução paga, os usuários passarão a contar com aplicativos que oferecem suporte e atualizações constantes, reduzindo assim grandes probabilidades de parada no processo de emissão.

A Unimake Software oferece seu emissor de NF-e (Acesse o material aqui) que também permite emissão de NFC-e, CT-e, MDF-e e CC-e.

O aplicativo traz para seus clientes, além da vantagem de uma excelente relação custo benefício funcionalidades muito mais avançadas que o emissor de SP como cadastro simplificado de clientes e tributações, além da impressão automática do DANFE e o envio automático do XML para os clientes finais.

Migre para nossa solução agora mesmo,  fale com nossa equipe comercial pelo e-mail comercial@unimake.com.br ou pelos fones 44 3141-4900 e 44 9109-6614

 

Compartilhe

Post anterior:

Próximo post: