7 comportamentos de risco na internet que você deve evitar

Comportamentos-de-risco-na-internet

 

A internet é uma ferramenta fantástica para quase tudo hoje em dia.
Comprar e vender, manter-se conectado com a família e amigos, conhecer pessoas, estudar, e também perder tempo com algumas bobagens é claro.
Porém a internet como em qualquer outro campo do cotidiano requer cuidados.
Comportar-se de forma arriscada na web pode trazer transtornos e prejuízos como em qualquer outra situação.
Neste artigo vamos listar 7 comportamentos de risco na internet e dar dicas de como evitá-los.

 

Usar a mesma senha pra tudo

Se você tem “preguiça” de ficar criando senhas diferentes para diferentes acessos, saiba que isso pode te dar uma dor de cabeça danada. Caso seu computador ou celular seja invadido e os criminosos tenham acesso a uma senha, eles podem fazer tentativas em outros serviços que você utiliza, então é como se de repente eles tivesse acesso a tudo (ou quase) tudo que lhe pertence instantaneamente.

 

Conectar em wi-fi´s desconhecidos

Você chega nos lugares e corre pedir a senha pra se conectar no wi-fi?
Cuidado, existem redes não confiáveis onde os criminosos podem roubar informações e ter acesso aos seus dados.
Procure só acessar de locais confiáveis e em último caso.
Quer ver mais dicas sobre isso? Veja esse artigo do site CIO.

 

Compartilhar seu cartão de credito pelo WhatsApp

Acredite, as pessoas fazem isso!
O WhatsApp virou um canal informal de compra e venda de coisas e tem muita gente tirando foto do cartão de crédito e enviando pelo serviço.
Isso é de um perigo absurdo, afinal na imagem vão todos os dados do cartão.
Ainda mais se você compartilhar com a pessoa do outro lado o famoso “cvc” que é aquele código de 3 dígitos que fica no verso do cartão.
Se um criminoso tiver acesso a essa imagem e ao cvc poderá facilmente fazer compras na internet.

 

Ficar se exibindo nas redes sociais

Você sabe que a vaidade anda “comendo solta” na internet.
São fotos de festas, viagens, compras, carros e por aí vai.
Acontece que ao fazer isso você fornece pistas valiosas não só para hackers como para criminosos do mundo real.
Esse é um dos comportamentos de risco mais perigosos afinal essas pessoas ficam sabendo da sua rotina e do seu poder aquisitivo.
Nesse caso os riscos não ficam restritos somente a golpes na internet, mas a sua segurança física também fica exposta.
Os criminosos podem usar essas informações para sequestros e roubos.
O negócio é tão sério que existem países como o Canadá por exemplo, onde as seguradoras não são obrigadas a ressarcir o dono da casa que foi roubada, caso fique constatado que ele publicou fotos de férias em redes sociais.
Fique atento, todo cuidado com a sua segurança e privacidade é pouco.

 

Expor seus filhos nas redes sociais

Aqui também entra o quesito privacidade.
Não faça da vida do seu filho um reality show.
Expor em excesso fotos da rotina da criança, a escola onde estuda, locais que frequenta etc., são um prato cheio para os criminosos.
Hoje as redes sociais são capazes de fornecer um histórico assustadoramente detalhado da vida das pessoas.
Acontecimentos que antes ficavam restritos à família hoje são expostos para todo mundo e o usuário da rede social nem sempre se dá conta de que podem ter pessoas mal-intencionadas acompanhando a rotina de sua família.
Esse nível de detalhamento pode ser utilizado para a prática de sequestros e golpes em geral.

Dica: Existem filtros nas redes sociais que permitem quem tenha acesso às suas publicações. Considere usá-lo restringindo a exibição apenas para pessoas de sua confiança.

 

Pedir orçamentos em sites suspeitos

Você está fazendo uma cotação para renovar o seguro do seu carro.
Ai numa busca aparece um site lhe oferecendo uma oportunidade imperdível.
Faça cotação nas 10 maiores seguradoras em apenas um minuto.
Esse site te apresenta um formulário onde você deverá colocar suas informações pessoais e do carro.
Fique alerta!
Desconfie de sites desconhecidos que prometem coisas mirabolantes.
Muitos sites tem usado esse chamariz para capturar dados das vítimas e usa-los em golpes posteriormente.
Na dúvida não preencha nada.

 

Não fazer backup

Esse nem sem parece com os outros comportamentos de risco, mas acredite, é!
Backup é como um seguro, você reza para não usá-lo, mas sabe que na hora da emergência se precisar vai pode contar com ele.
Fazer backup é fundamental, seja para dados pessoais, seja para dados da empresa.
Os riscos às informações são muito grandes atualmente.
O Backup é uma forma de proteção essencial.
Especialmente o backup na nuvem hoje oferece muita segurança e praticidade.
Precaução nunca é demais.

Gostou dessas dicas de segurança?

Acompanhe o nosso blog, sempre atualizaremos com materiais sobre como manter seus dados protegidos e sua empresa viva e funcionando.

 

Add um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *