Prevenção contra de perda de dados: Como fazer

 

Quem nunca soube de um caso de um amigo ou parente que sofreu uma perda de dados, seja no celular, seja no computador pessoal?
Fotos e números dos contatos são os dados mais perdidos nesse caso, e você tem de aguentar as lamentações dessa pessoa por um bom tempo.

Mas não é sem motivo, afinal só quem perdeu alguma informação sabe o transtorno que isso causa, não é mesmo?

Em alusão à passagem do dia mundial do backup, que todos os anos é comemorado em 31 de março, a Avast, empresa de produtos de segurança digital, realizou no Brasil uma pesquisa online para conscientizar sobre a importância da segurança dos dados.
Os resultados da pesquisa revelaram que impressionantes 51% dos brasileiros não fazem backup dos seus dados, correndo assim enormes riscos de perda de informações, em caso de perda ou exclusão.
Segundo a pesquisa o principal motivo alegado para 36% das pessoas, é de que não possuem dados ou arquivos importantes o suficiente para justificar o backup.
Já 35% dos entrevistados dizem que não sabem como fazer backup dos seus dados, outros 23% quer fazer, mas esquecem e 11% querem fazer, mas não têm tempo.

 

A outra parte

 

Dentre os 49% dos respondentes que fazem backup dos seus dados, cerca de metade (51%) fazem o armazenamento em nuvem, 43% em um disco rígido externo, 23% em uma unidade flash/USB, 17% fazem backup do seu telefone no PC e 5% fazem backup em uma unidade de armazenamento em rede.
Com relação à frequência com que fazem o backup dos seus dados, 43% dizem que pelo menos uma vez por mês e 12%, continuamente.
Para 19% dos entrevistados fazem cópia dos dados a cada seis meses; 18% a cada ano e 8%, menos frequentemente do que anualmente.
Ou seja, mesmo dentre os 49% que afirmam fazer backup a frequência é muito baixa, sendo que apenas 12% fazem continuamente.
Isso sem dúvida é uma informação preocupante porque no fim das contas apenas 6 em cada 100 pessoas fazem backup de dados pessoais regularmente.

Quais os motivos mais comuns da perda de dados?
São vários os motivos que causam a perda de dados, desde a exclusão acidental, passando por danos e falhas no dispositivo, furto, extravio, além dos temíveis ataques de vírus.
O ransomware também é um “grande vilão” quando se fala em perda de dados, pois pode criptografar ou destruir completamente os arquivos, e não há garantia de que possam ser recuperados, mesmo se o resgate for pago.
Todos esses incidentes tornam irrecuperáveis dados tão valiosos como fotos, vídeos, documentos e mensagens, para sempre.

 

Pessoas pessoas, empresas a parte

 

Vamos deixar bem claro aqui.
Se a pesquisa mostrou que apenas cerca de metade das pessoas evita a perda de dados fazendo backup, isso significa que pode ser uma tendência também entre as empresas.
Acontece que empresas não podem imitar o comportamento das pessoas quando se fala na prevenção da perda de dados.
Não que as informações pessoais não sejam importantes, pelo contrário, são muito sim, afinal agenda de contatos, fotos, dados de aplicativos fazem muita falta.
Mas os dados empresariais são altamente críticos.
Afinal as informações de um negócio são a diferença entre uma empresa manter-se aberta, crescer, gerar emprego, renda e lucros e a sua total falência.
Já mencionamos em outro artigo aqui no blog sobre as empresas que fecham as portas em caso de perda de dados.
Os dados corporativos são importantes para manter as empresas em funcionamento e sua perda pode simplesmente significar a paralisação total das atividades e com o tempo o fechamento do negócio.

 

• Dados de clientes como cadastros, histórico de compras, relatórios de contas a receber.
• Dados de produtos, como relatórios de lotes, relatórios de estoques, dados fiscais.
• Dados financeiros, como contas a pagar e a receber.
• Dados contábeis, que servirão para a entrega de declarações ao Fisco.
• Dados de colaboradores, como registros do RH, informações financeiras

 

Para ficar em apenas algumas.
Os dados empresariais são altamente críticos, e empresa alguma pode se dar ao luxo de perdê-los.

 

O backup aliado à outras camadas de defesa contra perda de dados

 

Uma coisa é certa, o Backup é a última de uma vasta camada de defesas que a empresa tem que implementar.
Firewalls, Antivírus, VPN´s, política de uso senhas seguras, gestão de acessos a redes, são algumas das medidas que as empresas tem que adotar contra ataques de vírus e perda acidental de dados.
Essas medidas ajudam a prevenir a perda dos dados, evitando por exemplo ataques de hackers e infecções de vírus.
Porém ainda que seja a última camada de defesa, o backup não é o menos importante.
Em último caso, o backup garante a recuperação de dados perdidos em computadores roubados ou queimados, em computadores que sofreram ataques e vírus e sequestro de dados pelo ransomware.
Enfim o backup para empresas não deve ser considerado como uma mera opção.
Sua implantação é praticamente obrigatória para as empresas que quiserem sobreviver no mercado.

 

Leia também: Empresa que perde o banco de dados sobrevive?

 

Prevenção de perda de dados passa pelo backup na nuvem

 

Dentre as diversas opções de backup sem dúvida o backup na nuvem hoje é a opção mais segura e barata.
E o pequeno e médio empresário não precisam se assustar, pois não se trata de pagar pelo mais caro para ter segurança.
Hoje existem serviços de backup extremamente seguros e confiáveis por mesmo de R$ 3 por dia.
Os dados em backup na nuvem ficam armazenados em datacenters de altíssima segurança, cujo acesso pode ser realizado apenas pelo detentor dos dados, no caso o representante da empresa, seja o próprio empresário, seja um colaborador da área de TI.
Faça parte da metade certa da pesquisa
Você está lendo esse artigo, tem uma empresa? Não tem?
Tudo bem, tendo você uma empresa, como importantes dados corporativos a proteger, seja você um usuário pessoa física, que tem que proteger seus dados pessoais.

O importante é ter em mente: Mantenha sempre medidas de segurança contra perda de dados.

Gostou destas dicas? Esperamos que sim.
Obrigado por ser um leitor do nosso blog, quer sempre receber novidades sobre proteção de dados e segurança digital?

Assine nossa newsletter (clicando aqui).
Obrigado e até a próxima!

Add um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *