ERP – O que é e tudo o que você precisa saber sobre o assunto

por Equipe de Conteúdo

Você sabe o que é ERP? Este é um assunto muito importante para todo e qualquer tipo de empresa, já que o recurso funciona como otimizador de processos em um sistema de gestão inteligente. Entretanto, a definição do ERP vai mundo além desse resumo. Entender como funciona esse sistema é essencial para conseguir os melhores resultados para sua empresa.

Foi pensando nisso que reunimos todas as informações necessárias em um conteúdo completo com tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Continue lendo e entenda o que é como funciona, as vantagens, aplicações, funcionalidades e muito, muito mais!

Aproveite e confira também nosso post sobre os 7 motivos para as empresas implantarem um sistema ERP.

O que é ERP e como ele funciona?

ERP (Enterprise Resource Planning) é um sistema ou software de gestão. Isso significa que ele é amplamente responsável por gerenciar os principais processos operacionais da sua empresa, especialmente aqueles incumbidos por otimizar os empreendimentos, alcançando os melhores resultados e lucros gerais.

Em suma, podemos dizer, ainda, que o ERP é um software que autoriza sua utilização na integração e acesso facilitado aos principais dados da sua empresa. Por meio desses dados e outras informações adquiridas, os profissionais conseguem diagnosticar problemáticas e possíveis soluções para estas.

Com essa breve definição, conseguimos entender melhor como a utilização da ERP consegue trazer diversos benefícios dentro de um negócio. Seja qual for o nicho do seu empreendimento, a utilização de um sistema de gestão é sempre bem-vinda, como forma de recuperar as lacunas dos seus processos operacionais.

As vantagens de ter um ERP para uma empresa

Com a conceituação apresentadas, conseguimos ter um panorama sobre as vantagens do ERP em um empreendimento. Mas, para facilitar, selecionamos as principais vantagens a seguir. Confira!

  • redução de custos e demais recursos financeiros;
  • integração de dados;
  • integração de informações e setores empresariais;
  • garantia de segurança de dados e informações;
  • automatização de tarefas;
  • praticidade para as rotinas;
  • controle de processos e setores;
  • gestão mais eficiente e facilitada;
  • alta produtividade e performance para sua empresa;
  • otimização de processos e aumento indireto da receita.

Como o sistema de gestão integrado funciona em uma empresa?

Como já adiantamos, o sistema ERP vem como facilitador e otimizador de processos e resultados para uma empresa.

Mas, afinal, como esse software funciona na prática?

Na rotina de uma empresa, o sistema de gestão integrado ajuda o gestor a administrar e gerenciar processos, etapas, atividades e colaboradores. Dentre esses aspectos, podemos mencionar, ainda, o setor financeiro de contas gerais que devem ser pagas e recebidas, assim como no monitoramento comercial.

No caso dos colaboradores, o ERP funciona diretamente da organização de tarefas e atividades para cada equipe, promovendo maior produtividade e alta performance. A integração de setores facilita, ainda, na comunicação interna e reunião de informações em um único lugar.

Além disso, o sistema ERP também trabalha diretamente no processo de segurança de dados na sua empresa. Mais do que aperfeiçoar, o sistema de gestão opera para dar proteção nas informações confidenciais. Sabemos que a segurança de dados e informações são essenciais para conseguir manter um negócio em pé. Dessa forma, o sistema ERP consegue ser ainda mais útil para fazer um empreendimento dar certo.

Confira nosso post sobre Gestão de Estoque e entenda a importância dela para sua empresa!

E como saber se minha empresa precisa de um ERP?

Felizmente, essa é uma pergunta fácil de responder: toda e qualquer empresa precisa de um sistema de gestão integrada para melhorar o funcionamento interno. Em alguns casos, o ERP é o único capaz de diagnosticar problemas que podem estar afundando seu empreendimento.

Para saber se esse é, ou não, o caso da sua empresa, é necessário perceber as funcionalidades do ERP, assim como seus benefícios e entender se é isso o que seu empreendimento precisa. Resumidamente:

  • Organização é um problema para sua empresa?
  • A produtividade dos colaboradores está prejudicada?
  • E a segurança das informações? Está realmente protegida?

Respondendo essas perguntas, é possível entender se o sistema ERP irá melhorar seus resultados ou, quem sabe, salvar seu empreendimento.

Como é a implantação de um ERP e as categorias existentes

A implementação de um sistema ERP deve seguir algumas diretrizes para melhorar seu funcionamento. Dentre elas, não podemos deixar de mencionar alguns aspectos, como o envolvimento geral da empresa, de todos os setores e integrantes. Além disso, também é importante que haja investimento em treinamento e capacitação de equipes como forma de potencializar resultados.

Mais do que isso, também é importante que você personalize o software de acordo com as necessidades da sua empresa. Mas calma! Falaremos mais sobre o assunto nos tópicos abaixo.

Sobre as etapas existentes no processo de implantação de software de gestão, de maneira geral, podemos resumir em três:

  1. Apresentação do sistema ERP: primeira etapa como início de utilização quando há o acesso ao sistema;
  2. Processamento lógico: momento para recebimento de dados e integração de informações da empresa;
  3. Armazenamento em banco de dados: informações e arquivos são salvos no banco de dados do software.

Como usar a solução em empresas de diferentes portes

Veja como o sistema ERP deve ser utilizado em diferentes portes empresariais:

  • pequenas e médias empresas: variando em planos básicos e intermediários, o sistema ERP para pequenas empresas vem para dar eficiência aos processos da empresa, assim como dar insights inteligentes e estratégias para corrigir problemas e melhorar resultados;
  • empresas de grande porte: para as grandes empresas, um sistema ERP é ainda mais necessário e trabalha diretamente com os planos mais complexos. Mais do que resolver problemas, um sistema de gestão para grandes corporações garante a segurança tão necessária sobre os arquivos empresariais.

Personalização da ferramenta: como funciona?

O processo de personalização e customização do sistema de gestão serve para direcionar a ferramenta sobre as necessidades da sua empresa. Você, mais do que ninguém, sabe como o empreendimento funciona, o que dá e o que não dá certo, e é a partir disso que você deverá customizar sua ferramenta.

Dependendo do sistema contratado, você terá autonomia suficiente para alterar o funcionamento do sistema. Isso também dependerá do plano e nível da ferramenta. Lembre-se de considerar o perfil e as demandas do seu negócio antes de personalizar sua ferramenta.

A escalabilidade também é uma realidade para o sistema de gestão integrado, isso significa que o ERP está em constante evolução e cada vez mais os problemas empresariais poderão ser resolvidos.

On-cloud ou on-premises: qual a diferença?

Os sistemas ERP podem ser encontrados em duas diferentes formas: on-cloud e on-premises. Esses dois ambientes possuem algumas diferenças entre si. Resumidamente, on-premise significa local, ou seja, os ERPs com instalação física no hardware e outros servidores da empresa, podendo ser administrado pelos próprios funcionários do empreendimento.

On-cloud ERP, por sua vez, funciona em nuvem, com administração do próprio servidor. Na prática, sua empresa não teria acesso direto sobre as manutenções, mas terá o suporte necessário.

E qual a melhor opção?

Bom, isso depende. Depende do que você precisa e o seu conhecimento e conhecimento da sua equipe para manusear as funcionalidades de um sistema de gestão. Além disso, o ERP on-cloud também traz mais segurança sobre os dados e informações sobre a sua empresa.

Mas, de maneira geral, ambos os casos possuem vantagens para sua empresa. Vale a pena você gastar um tempo sobre qual das opções será melhor para seu empreendimento.

As tendências do ERP para os próximos anos

O sistema de gestão integrada ERP vêm ganhando destaque cada dia mais e as tendências para os próximos anos são ter ainda mais relevância no meio empresarial. Isso porque, cada vez mais, percebe-se a necessidade de proteger os dados de uma empresa, ao passo que os processos de gestão e gerenciamento também possuem extrema importância.

Mais do que tudo isso, ter uma empresa com integração ERP significa que você terá mais autonomia para melhorar sua empresa, do jeito que sempre quis e da maneira que um empreendimento necessita para se destacar no mercado.

Agora que você saber mais sobre ERP, o que é, como funciona, vantagens e mais, é hora de colocar em prática. Integre seu negócio com um sistema de gestão ERP e melhore seu empreendimento em 100%. No blog da UNIMAKE você tem acesso a outros conteúdos sobre o assunto para melhorar os processos gestacionais da sua empresa, não deixe de conferir!

Ah! Veja também nosso post sobre público-alvo e sua importância: “Defina o público-alvo ideal para sua empresa!”.

Compartilhe

Post anterior:

Próximo post: